O GLOBO - Passagem promocional da Gol dará direito a milha a partir de 2017

06 de Outubro de 2016

Quem viajar de Gol com passagens promocionais poderá acumular milhas no programa fidelidade a partir de janeiro do ano que vem. A novidade vale até para bilhetes comprados em feirões ou ofertas relâmpago, como as feitas no fim de semana, que hoje não permitem o acúmulo de pontos. A mudança, anunciada pela Gol nesta quarta-feira, faz parte de uma série de alterações no programa de fidelidade da companhia, o Smiles. O objetivo da companhia aérea, que quase quebrou este ano, é atrair mais clientes e, assim, ampliar a receita.

A quantidade de milhas ganhas em passagens promocionais vai variar com o preço do bilhete, a distância do voo e a categoria do usuário. Na classe mais top, a Diamante, qualquer passagem proporcionará um acúmulo mínimo de mil milhas. Na Ouro, a segunda melhor categoria entre as quatro que a Gol tem, o mínimo acumulado será de 500 milhas. Nas outras duas categorias, Prata e Smiles, não haverá piso de milhas.

Outra novidade é que o número de trechos voados — independentemente da distância — poderá ser usado para fazer o upgrade de categoria. Hoje, o passageiro necessariamente tem que acumular um mínimo de milhas para migrar de uma classe para outra. Por exemplo, para que o passageiro se torne Prata ele tinha que acumular 10 mil milhas. A partir do ano que vem, bastará voar dez trechos, independentemente do valor da tarifa e da distância entre a origem e o destino.

PASSAGEM DE GRAÇA

Também houve redução no número de milhas acumuladas exigido para trocar de categoria. Para se tornar um cliente Ouro, o passageiro terá de voar 18 trechos ou acumular 18 mil milhas. Hoje são 20 mil. Se voar 30 trechos ou 30 mil milhas já pode migrar para a categoria Diamante. Hoje, são ele precisa acumular 35 mil milhas para receber o status mais top entre as classes.

As milhas acumuladas que excederem esse piso podem ser “jogadas” para o ano seguinte. Se, ainda assim, o passageiro não conseguir acumular o mínimo de milhas ou voar o mínimo e trechos no período de um ano, terá um downgrade, como já acontece hoje.

Na lista de benefícios do novo Smiles, os passageiros Diamante e Ouro — que em geral fazem viagens a trabalho, mais caras e constantes — foram os mais favorecidos. O cliente Diamante, por exemplo, vai ganhar uma viagem grátis por ano para o acompanhante. O acompanhante também poderá usar os assentos Gol + (mais confortáveis e pelos quais se paga uma taxa de R$ 15 no mínimo) de graça nos voos domésticos quando sua passagem tiver sido comprada junto à do titular. No caso do cliente Ouro, o acompanhante pagará metade da tarifa do Gol +.

Copyright © 2015 Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização - ABEMF. Todos os direitos reservados.