DIÁRIO DOS CAMPOS - Driblando a crise: programas de fidelidade beneficiam consumidores e empresas

25 de Julho de 2016

Pontos, brindes, descontos e promoções ajudam a conectar marcas e consumidores mesmo em períodos de retração econômica.

Marcas e empresas que sempre estiveram atentas às diretrizes do marketing moderno sabem que, além de conquistar o maior número de novos clientes, as principais estratégias de vendas são elaboradas para fidelizar seu público.

Um cliente feliz e satisfeito é garantia de novas aquisições e também de propaganda positiva para seus produtos e serviços favoritos, principalmente na era das redes sociais, onde o consumidor pode se engajar e tornar-se um verdadeiro embaixador de uma marca.

A fidelização dos clientes requer um esforço ainda maior por parte das empresas em momentos de crise, como a que o Brasil atravessa atualmente. Com a diminuição do poder de compra de grande parcela da população, a retração nas vendas será inevitável, caso uma empresa não se atente às principais necessidades de seu público no momento.

Certamente, o consumidor brasileiro está pensando duas vezes antes de consumir seus bens e serviços de rotina, buscando soluções mais econômicas para seu orçamento. E é exatamente nesse momento que as empresas devem se debruçar em conquistar e beneficiar seus clientes mais antigos através de programas de fidelidade.

Vantagens para marcas e para o público

Muitos consumidores que desconheciam esses programas de fidelidade estão buscando cada vez mais informações sobre as vantagens e benefícios oferecidos pelas empresas. Afinal, converter pontos em brindes e prêmios é até descontos é uma prática atrativa na hora de optar por uma marca.

A dica para o público é verificar junto aos seus serviços e marcas favoritas se elas disponibilizam algum desses programas, verificando o contrato de adesão (muitos podem ter algum custo) e a data de validade dos pontos, assim como as regras para convertê-los em benefícios. Esse tipo de programas geralmente é oferecido por bandeiras de cartões de crédito, supermercados, postos de gasolina, entre outros. 

Já as empresas de todos os portes e segmentos podem e devem planejar um programa de incentivo à fidelização. Até mesmo prestadores de serviços e restaurantes, como salões de beleza e pizzarias costumam utilizar um cartão que, ao atingir sua pontuação máxima, pode ser convertido em um brinde ou serviço sem custos. 

Qualquer loja ou empreendimento pode desenvolver o sistema por meio de cadastro de CPF de seus clientes e até investir em cartões com tecnologias mais avançadas, como as contidas nos crachás. Um cartão magnético pode, inclusive, facilitar o registro preciso dos pontos mesmo em dias de grande movimentação no estabelecimento. 

O oferecimento de vantagens de benefícios deve respeitar a receita para a ação de fidelização, mas vale lembrar o gesto deve despertar o sentimento de valorização do cliente, independentemente do item oferecido. use a criatividade para demostrar que sua marca quer estreitar seus laços com seu consumidor e expressar sua satisfação, tratando-o como um indivíduo importante para o sucesso da empresa. 

Copyright © 2015 Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização - ABEMF. Todos os direitos reservados.