Programas de fidelidade batem recorde de resgate e faturamento no terceiro tri

21 de Dezembro de 2018

Empresas associadas à ABEMF faturaram R$ 1,76 bilhão no terceiro trimestre de 2018 

No mesmo período, foram resgatados mais de 64,4 bilhões de pontos/milhas, um aumento de 17,9% na comparação anual

Dados da Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização (ABEMF) indicam que os participantes de programas de fidelidade de seis de suas associadas (Dotz, Grupo LTM, Multiplus, Netpoints, Smiles e TudoAzul) trocaram 64,4 bilhões de pontos/milhas por produtos e serviços no terceiro trimestre de 2018 (3T18). O número é o maior já registrado pelo histórico da associação – desde 2016. Na comparação com o mesmo trimestre de 2017, o crescimento dos pontos/milhas resgatados foi de 17,9%. Frente ao trimestre anterior (2T18), o aumento foi ainda maior, de 27,5%. Já o faturamento das empresas chegou a R$ 1,76 bilhão, também o maior desde 2016, superando em 15,6% o mesmo trimestre do último ano. 

De acordo com a associação, essa é uma demonstração de que os consumidores brasileiros estão aproveitando os benefícios da fidelização, pois é no momento do resgate que o participante enxerga valor em seus pontos/milhas. Quando o saldo acumulado se transforma em um produto, serviço ou mesmo em desconto, que o ajuda a economizar e aumenta seu poder de compra. A expectativa é que cada vez mais pessoas aprendam a utilizar os programas, o que deve impulsionar o desenvolvimento do setor nos próximos anos. 

Outros indicadores da ABEMF mostram que o mercado segue sua trajetória de ascensão. Os programas de suas associadas atingiram a marca de 124,7 milhões de cadastros, valor que supera em 15,6% o registrado no mesmo trimestre de 2017. Só nos meses de julho a setembro, foram 4,1 milhões de novas inscrições. O acúmulo de pontos/milhas no 3T18 foi de 72,3 bilhões, um acréscimo de 16,4% na comparação anual.

A taxa de breakage, que mede o percentual de pontos/milhas que os consumidores deixam expirar, caiu mais de três pontos percentuais, alcançando os 16,6%. Mais um indicador de que os participantes estão aprendendo a aproveitar os benefícios dos programas.  

Preferidos no resgate

No momento de trocar seus pontos/milhas, os clientes seguem com a preferência por bilhetes aéreos. No 3T18, 75,3% dos pontos/milhas resgatados foram destinados às passagens de avião, e 24,7% para itens de varejo.

Na lista dos destinos mais resgatados, estão:  

Nacionais

  1. São Paulo
  2. Rio de Janeiro
  3. Brasília
  4. Belo Horizonte
  5. Porto Alegre
  6. Salvador
  7. Fortaleza
  8. Curitiba
  9. Recife
  10. Florianópolis

Internacionais

  1. Miami
  2. Orlando
  3. Santiago
  4. Buenos Aires
  5. Lisboa
  6. Nova Iorque
  7. Paris
  8. Roma
  9. Montevidéu
  10. Lima

 

Copyright © 2015 Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização - ABEMF. Todos os direitos reservados.